Água da chuva e esgoto não se misturam

Você sabia que se os ralos e as calhas de sua casa estiverem conectados à rede de esgoto, pode haver o retorno dos rejeitos?

No Brasil, é proibido lançar água pluvial nos ramais de esgotos. No Estado de São Paulo, o decreto 5.916/75 determina a regra. Por isso é necessário que os imóveis tenham duas saídas: a de esgoto, que recolhe os resíduos do vaso sanitário, do chuveiro, das pias e do tanque (e é uma tubulação de menor porte, já que esse volume não costuma sofrer grandes variações). Já a saída pluvial, maior, reúne a água da chuva que escoa pelos ralos e calhas.

Os tubos devem ser separados para que o esgoto seja enviado para tratamento e para que as águas pluviais sejam encaminhadas para córregos, rios ou piscinões. Para evitar obstruções, também é essencial que restos de comida, bitucas de cigarro, fio dental, absorventes, preservativos e pedaços de pano não sejam descartados pelo vaso sanitário ou pelo ralo da pia.

Fonte: MP Informa 

(Comunicação Interna MPCT em 12/03/2020 às 10h00)